Azulejaria

Não obstante, essa insolúvel dialética entre o local e o universal ajusta-se à dimensão cosmopolita da sua criação plástica. A escala doméstica de alguns dos seus mais recentes trabalhos, que reincidem nos vinte por vinte do canvas board, parece agregar o grafismo da azulejaria ao seu leque de referentes estéticos. Na mesma medida, a sua investigação das potencialidades de um suporte marcado pelo comedimento e pela simetria permite-lhe um recorte instantâneo e fragmentado do real, conferindo ao quadro uma espécie de teatralidade imediata. É este o caso do irretocável Dankeschön, da série Coisas incríveis acontecem, também da safra mais recente.continue lendo —->