Obra selecionada para o 3º Salão de Outono da América Latina

O universo de Portinari sempre me encantou, me impressionou e me fez pensar sobre a minha brasilidade.
A série Retirantes fez comigo o que eu acho que a arte deve fazer com todos.
Me fez olhar ao redor, refletir sobre o problema que não me pertence (que na época não me pertencia).
Acredito na arte que transforma. Essa série (Os Retirantes), somada a inúmeros grandes textos que retratavam os problemas do sertão, a seca, me fizeram respeitar meus irmãos de terra, que por longos anos têm desafiado a vida seca.
Quando começamos a vislumbrar a falta de água, não pude pensar em outra coisa, os Retirantes não saiam da minha cabeça… Resolvi pintá-los agora do meu ponto de vista.
Desde janeiro de 2014 vivo em ritmo de racionamento de água… Tenho aprendido a viver com pouco, mas como será viver com nada?
Retirantes da Paulista – Acrylic on canvas – 90x90cm – 2014
Com todo nosso “style”, com toda a nossa tecnologia e com o nosso dinheiro… Será que seremos nós, paulistas, os próximos retirantes da história do Brasil?
Retirante: adjetivo e substantivo de dois gêneros
1 que ou aquele que se retira, que deixa um lugar
1.1 que ou aquele que, sozinho ou em grupo, abandona o sertão, banido pela seca
1.2 que ou aquele que se retira de um local, de uma região mais pobre em direção a outra, considerada mais promissora Fonte: Dicionário Houaiss

          *   *   *

127 - Retirantes - Técnica mista - 90x90cm - 2014_7529_©

Um comentário em “Obra selecionada para o 3º Salão de Outono da América Latina

  1. Lindo!!! Quando menina, não existia TV e outras mídias tão velozes, só no domingo, nas matinés víamos as notícias nos jornais cinematográficos. Foi assim que tomei consciência da seca no nordeste brasileiro. Vi mulheres magérrimas, descalças e maltrapilhas, segurando criança pela mão e lata na outra, caminhando quilômetros de distância em busca de uma cacimba de águas amareladas pelo barro. Desse dia em diante, nunca mais deixei a torneira aberta, tornei-me tio Patinhas em relação à água, pedia as empregadas que reaproveitassem á água da máquina para lavar o quintal e a cozinhas. Interessante, muitas delas de origem nordestina, me chamavam de mão de vaca. E agora, São Paulo? E agora nascente do Rio São Francisco? E agora Ceará, município das Russas? Está faltando água de Norte a Sul, de Leste a Sudeste. E agora meu povo? A arte precede a vida, a vida é a arte de viver.

    Parabéns!

    Curtir

Deixe uma resposta para Yvone Moreira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s